Não foi possível detectar sua localização. Selecione um estado de seu interesse para ver as melhores ofertas. X
Guia de Bairros de São Paulo:

Saúde

Localizado na Zona Sul de São Paulo, a Saúde une a tranquilidade de uma cidade do interior e a agitação de grandes centros, com uma incrível infraestrutura que conta com comércio, restaurantes, bares e shopping. O distrito, que faz divisa com seus irmãos Bosque da Saúde, Jardim da Saúde e Vila Saúde, está próximo da Vila Mariana e Ipiranga.


Educação

Educação

Um dos principais atrativos do bairro gira em torno das diversas alternativas voltadas para a educação. Na lista de colégios mais procurados da educação infantil ao ensino médio, estão os tradicionais Nossa Senhora do Rosário e o Marista Arquidiocesano, fundado em 1858, no bairro da Luz, com o nome de colégio Diocesano, e antes administrado por freis capuchinhos e padres seculares. Outra instituição bastante conhecida é o Colégio Lumen Vitae. Fundada em 1983, é conhecida por ser uma escola-família, que destaca a presença participativa dos pais na educação dos alunos. Também estão à disposição escolas com linhas pedagógicas construtivista e montessoriana, como o colégio Arcádia e o Objetivo. O ensino superior também merece destaque: o bairro conta com muitas faculdades como Unip, Estácio/ Radial e FAMESP, que oferecem cursos presenciais e à distância.

 


Gastronomia

Gastronomia

Culinária nordestina, vegana, japonesa. O bairro da Saúde possui restaurantes para todos os gostos. Perto da estação do metrô Praça da Árvore, o Estação Cozinha Nordestina Restaurante & Bar é um dos mais famosos da região. Além de pratos tradicionais, que vão do baião de dois ao caldinho de feijão, o restaurante mescla um ambiente rústico e acolhedor para quem aprecia o arretado clima nordestino. Descendo até Minas Gerais, a culinária mineira pode ser conferida no Cultura de Minas Restaurante. No cardápio, delícias como feijão tropeiro, leitão e frango com quiabo atraem os fãs desse tipo de culinária brasileira. A culinária japonesa também se faz presente no bairro, que tem presença de imigrantes japoneses desde o século passado. Uma boa pedida é o Ogawa, que oferece rodízio, pratos executivos e um diferencial: ostras nos cardápios das sextas-feiras. Na lista de culinária japonesa, vale conhecer o Yukusue Sushi Bar, que tem uma pitada mais elegante, e o Iroha Sushi, que oferece um ambiente intimista repleto de pratos leves. Vale, ainda, se deliciar com os sanduíches da padaria Monte Rei Casa de Pães e a pizza de quatro queijos da Charles Pizzaria.


Lazer

Lazer

Diversão é o que não falta no bairro da Saúde: existem opções para quem gosta de se aventurar pelo verde ou para quem prefere curtir um shopping center. Para começar, que tal dar uma volta pelo tradicional Parque Ibirapuera, o principal parque da cidade de São Paulo e que atrai atletas amadores de todos os tipos? O Parque do Estado, muito frequentado por famílias aos finais de semana, é também uma excelente pedida. Outra opção de passeio ao ar livre é o Parque Zoológico de São Paulo, considerado o maior do Brasil e que conta com 3.200 animais. A criançada também vai adorar conhecer o Zôo Safári, antigo Simba Safári inaugurado em 2001, numa área de 80 mil metros quadrados e com animais nativos da Mata Atlântica. E ainda não terminou! Para conferir uma das mais belas áreas verdes de São Paulo, o Jardim Botânico abriga vegetação remanescente de Mata Atlântica e nascentes do histórico Riacho do Ipiranga. Um respiro em meio à cidade grande. 

Para os amantes de um bom shopping, o Shopping Plaza Sul é o principal polo de comércio do bairro. Inaugurado em 1994, possui 278 lojas, uma área de mais de 100 mil metros quadrados e três salas de cinema. Na lista de lojas e restaurantes, nomes como Outback, Lacoste, Lojas Americanas, C&A, entre outros. No bairro, há ainda o shopping Metrô Santa Cruz, que possui 132 lojas, uma praça de alimentação e um cinema.

Já aos domingos, uma deliciosa opção é ir à feira livre Praça da Árvore, que fica na Rua Carneiro da Cunha. Conhecida por ser a maior de São Paulo com seus 1069 metros de extensão, a feira oferece uma enorme variedade de barracas de frutas, verduras, pastel com caldo de cana, tapioca, yakisoba, etc. 

Localização

Localização

Outro atrativo do bairro é, sem dúvidas, a sua localização privilegiada. Situado na região centro-sul de São Paulo, fica próximo de locais como Vila Mariana, Chácara Inglesa e Jabaquara, além de bairros importantes como Ibirapuera, Moema e Campo Belo. Além disso, fica a 20 minutos da Avenida Paulista, a 15 minutos do Parque Ibirapuera e a 10 minutos do Aeroporto de Congonhas.

Dicas do que fazer

  • Parque do Ibirapuera 
  • Parque do Estado
  • Shopping Plaza Sul   
  • Biblioteca Municipal Amadeu Amaral
  • Feira Livre Praça da Árvore

 

Transportes

  • O bairro possui um sistema de transportes completo. O local foi um dos primeiros da cidade a ser atendido pelo metrô: a primeira linha experimental do trem, inaugurada no ano de 1972, circulava entre as estações Saúde e Jabaquara. Hoje, o bairro pode ser acessado através das estações Saúde, Praça da Árvore e São Judas da linha Azul, que ligam as zonas norte e sul até a capital, possibilitando a integração com as linhas Verde, Vermelha e Amarela.
  • O local conta com diversas linhas de ônibus que atendem a vários bairros da zona sul e outras regiões da cidade. E, além disso, é cercado de vias importantes, como a Rua Domingos de Morais, as Avenidas Jabaquara, Dr. Ricardo Jafet, Cursino, dos Bandeirantes, Complexo Viário Maria Maluf e Rodovia dos Imigrantes, alternativa para os municípios do Grande ABCD e cidades da Baixada Santista.


Serviços

  • Bares
  • Restaurantes
  • Hospitais
  • Açougues
  • Lojas
  • Bancos
  • Farmácias
  • Lava-jato
  • Shoppings
  • Oficinas
  • Ponto de táxi
  • Padarias
  • Supermercados
  • Academias
  • Museu
  • Centro cultural
  • Metrô
  • Zoológico
  • Parques
  • Feira livre 

Você Sabia?

Você Sabia?

No local, existia uma ferrovia chamada Tramway de Santo Amaro que funcionou até 1913, ligando São Paulo a Santo Amaro. Ela foi inaugurada no ano de 1886, operada pela Companhia Carris de Ferro de São Paulo a Santo Amaro, com a presença do imperador Pedro II. A antiga linha seguia pelo que hoje corresponde à Rua Vergueiro, Rua Domingos de Morais e Avenida Jabaquara, o trajeto da atual Linha 1 do Metrô. A linha de Santo Amaro foi desativada em 27 de março de 1968 e foi a última linha de bondes de São Paulo.  


Imóveis no bairro



Proteção de Dados Pessoais

A Tegra utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência
de acordo com nossa Política de Privacidade . Ao continuar navegando, você aceita estas condições.
Acesse nossa Política de Privacidade e saiba como tratamos dados pessoais.