Não foi possível detectar sua localização. Selecione um estado de seu interesse para ver as melhores ofertas. X

Blog da Tegra

Gosta de vinho? Dicas para montar uma adega no seu apartamento

Veja os cuidados básicos que deve se ter antes de montar uma adega para garantir a qualidade do vinho. Aprenda como escolher o espaço e o tipo de adega ideal para seu apartamento. Acesse e confira!

06/08/2020 • 11h22min • EM DICAS & DECORAÇÃO

Foto de adega de vinhos no apartamento

O vinho é uma das bebidas mais populares do mundo. Só no Brasil, segundo dados da Ideal Consultoria, o brasileiro consome 1.93 litros por habitante (acima de 18 anos), por ano. Isso desperta muitas pessoas como apreciadores da bebida. 

E para um bom apreciador de vinho, nada mais frustrante do que abrir uma garrafa e perceber que o sabor não está como deveria. É uma situação que pode ser bem desagradável em um jantar com convidados, por exemplo. Isso acontece, geralmente, quando a bebida não foi armazenada corretamente. 

Os sommeliers - profissionais especializados em bebidas alcoólicas nos restaurantes - costumam dizer que há três fatores que interferem na qualidade do vinho: temperatura, luminosidade e vibração. 

Guardar as bebidas em um lugar adequado é fundamental para preservar suas características e não ocasionar perdas sensoriais. Para isso, existem as adegas - das mais simples às climatizadas - que podem ser montadas dentro de casa, seguindo importantes cuidados. 

As adegas servem tanto para armazenar as garrafas por um curto período, e mantê-las em temperatura ideal, quanto para guardá-las por longos anos. Os principais tipos são a passiva, a termoelétrica e a com compressor.

Neste post, separamos algumas dicas para ajudar na escolha da adega ideal para o seu lar. Confira!


Escolha o local adequado

Para não ter surpresas desagradáveis ao abrir uma garrafa, é melhor seguir alguns cuidados. O primeiro deles é o local onde ficará a adega. A escolha está diretamente ligada a um dos fatores que interfere na qualidade do vinho: a luminosidade. 

É por essa razão que, geralmente, as garrafas de vinho são escuras - para bloquear os raios luminosos. Em longo prazo, eles causam alterações químicas na bebida, afetando o sabor e as propriedades. Por isso, é recomendado que o ambiente da adega seja o mais escuro possível, sem a forte presença de luz, seja ela solar ou artificial. 

A instalação deve ser feita em um lugar firme, que não cause vibrações nas garrafas. Isso afeta a durabilidade da bebida, pois dificulta o acúmulo dos sedimentos no fundo da garrafa, que é o processo natural no envelhecimento do vinho.


Cuidado com a umidade

Como identificar se o vinho está sendo mantido com a umidade adequada? O truque é olhar a rolha que veda a garrafa! 

Por ser feita de cortiça, a umidade pode causar problemas na estrutura da rolha e danificar a bebida. Quando a umidade está muito alta, por exemplo, a rolha pode criar fungos. 

Já em casos de pouca umidade, a rolha pode ficar extremamente seca e rachar, permitindo a entrada de oxigênio na garrafa e estragando o vinho. Uma dica é sempre armazenar os vinhos na posição horizontal, para que a rolha fique sempre umedecida.

Quem mora em regiões muito secas e tiver dificuldades em manter a umidade, os umidificadores de ar podem ajudar.


Atenção à temperatura

O vinho é uma bebida muito delicada e, como vimos, tem aversão à claridade e ao excesso ou falta de umidade. Além desses fatores, a temperatura também é relevante para a preservação, conservação e envelhecimento adequado.

É possível sentir a diferença no paladar quando um vinho não está na temperatura recomendada. Esta informação é comumente descrita no rótulo do produto, mas existem padrões de mercado para cada tipo de vinho. 

Os sommeliers dizem que 18 graus é a temperatura ideal para os tintos e 10 graus para os brancos e rosés. No entanto, como há diversos estilos e variações, é sempre bom olhar a instrução da embalagem.

Neste caso, além de ser um espaço dedicado aos vinhos, a adega evita a oscilação de temperatura, que pode ser tão nociva para os produtos quanto o calor. 

Tipos de adegas

A escolha do modelo de adega dependerá do espaço disponível para ela, além do fator decoração, pois é um objeto que pode ser criado para compor o ambiente. O tamanho pode variar conforme a quantidade de produtos - desde um pequeno armário no cantinho da sala ou para um cômodo inteiro. 

1. Adega passiva

A versão mais clássica e simples, sem uso de climatizadores ou tecnologia. É montada levando em consideração apenas as questões naturais do ambiente (luminosidade, umidade e calor). É só colocar os vinhos nas prateleiras e pronto!

Quem tem uma coleção grande de vinhos pode montar a adega em um cômodo, como despensa ou closet, se houver espaço. Se o clima do seu lar tende a permanecer frio e úmido, este tipo de adega é uma boa opção.

2. Adega termoelétrica

São as adegas climatizadas, aquelas que usam a eletricidade para retirar o calor do interior e manter o vinho resfriado e umidificado. Elas são compactas e eficientes para quem não tem o espaço ou as condições de temperatura e umidade ideais para uma adega passiva em casa.

3. Adega com compressor

Por fim, a adega climatizada com compressor. Ela se parece com a termoelétrica por fora, mas funciona de maneira bem diferente, como uma pequena geladeira. 

Aqui, o compressor usa a eletricidade não para retirar o calor de dentro da adega, mas sim para ativamente resfriar o interior. Em alguns modelos é possível definir uma temperatura precisa para o interior da adega ou até diferentes temperaturas para variações de vinhos.

Bom, agora que você já aprendeu todos os cuidados necessários para armazenar adequadamente os vinhos, é só escolher o modelo de adega para o seu lar! 

Gostou dessas dicas? Não deixe de ler também ideias de decoração para combinar com a sua adega:

Itens essenciais para criar uma decoração vintage

Inspire-se com a decoração no estilo escandinavo 

Receba nossas notícias e informações exclusivas diretamente no seu e-mail


;

Proteção de Dados Pessoais

A Tegra utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência
de acordo com nossa Política de Privacidade . Ao continuar navegando, você aceita estas condições.
Acesse nossa Política de Privacidade e saiba como tratamos dados pessoais.

;