Não foi possível detectar sua localização. Selecione um estado de seu interesse para ver as melhores ofertas. X

Blog da Tegra

Móveis planejados: quanto custa e por onde começar?

Finalmente chegou a hora de mobiliar o apartamento e, com tantas opções, é normal ficar com dúvidas. Quer saber mais? Acesse e confira!

08/03/2021 • 12h55min • EM DICAS & DECORAÇÃO

Uma fotografia do decorado do Quad Studios, um empreendimento Tegra no Campo Belo

Quem não abre mão de ter tudo no lugar, com certeza vai se encantar com os móveis planejados. Como o próprio nome indica, eles são feitos sob medida e desenvolvidos especialmente para o local onde serão instalados.

Esse tipo de solução é uma boa opção para aproveitar cada cantinho de um ambiente, deixando tudo mais organizado, prático e bonito.

Além do aspecto funcional, outra grande vantagem dos móveis planejados é o imenso leque de cores e materiais, o que permite a criação de projetos personalizados.

Por que fazer móveis planejados?

• Otimização de espaço

Sem dúvida, um dos principais benefícios dos móveis planejados é a possibilidade de aproveitar melhor os espaços. Os projetos podem deixar os ambientes mais funcionais, organizados e proporcionar uma maior fluidez. Mas as vantagens vão muito além disso.

• Sob medida, literalmente

Como tudo é feito sob medida, os móveis podem ser produzidos de acordo com as necessidades e hábitos de vida dos moradores.

Existem diversos detalhes que podem ser personalizados, como o tipo de abertura das portas e gavetas (correr, basculante ou tradicional) e toda a parte interna dos armários. Sem falar na diversidade de cores e materiais disponíveis no mercado.

• Valorização do imóvel

Sob o ponto de vista comercial, os imóveis que possuem móveis geralmente são mais valorizados para locação. 

um quarto com móveis planejados de um empreendimento da tegra

Por onde começar?

Banheiro, quarto, cozinha, sala, lavanderia, terraço ou varanda: qualquer espaço pode ser mobiliado com armários planejados. Por isso,  é necessário pensar nos detalhes para que o projeto fique exatamente como esperado.

• Defina os ambientes

O primeiro passo é analisar os espaços para a instalação dos móveis. Faça as seguintes perguntas: o que a mobília precisa ter para atender as necessidades da família? Como ela pode deixar os ambientes agradáveis e bonitos?

• Tenha todas as informações em mãos

Depois de decidir os ambientes, vem os detalhes da mobília. Comece com os mais amplos, como o tipo de madeira e as cores. Afinal, existem muitas opções e é preciso ter um escopo para começar a comparar as ofertas do mercado.

Antes de iniciar a pesquisa de fornecedores, é importante já ter uma ideia aproximada das medidas (largura, altura e profundidade), para conseguir negociar o custo.

Agora que você sabe onde os armários serão instalados  e o tamanho, precisa pensar no detalhe do projeto: a quantidade de portas e o tipo de abertura, o material dos arremates (puxadores, dobradiças e vidro, por exemplo) e o design.

Para ficar mais fácil organizar e encontrar as informações, você pode montar uma planilha. Nela, é importante considerar não só os preços, mas também a qualidade dos materiais.uma imagem que ilustra uma cozinha decorada de um empreendimento tegra

Móveis planejados são caros?

Tudo que é personalizado costuma ter um valor agregado. Mas o mercado de móveis planejados é bem concorrido, o que ajuda a barganhar o custo e as opções de pagamento.

A escolha dos materiais também impacta bastante na conta final. Entre os itens, estão as dobradiças, corrediças, puxadores, madeira, cores, acabamento do móvel – alto brilho, laca ou fosco – e portas de vidro.

Como fazer escolhas mais baratas

• Opte pelas cores mais comuns

Os móveis brancos costumam ser mais baratos do que as opções coloridas ou amadeiradas. Por ser mais comum, a linha de produção também é maior, o que influencia no preço.

• Madeiras mais baratas

Quando se fala em materiais que combinam preço acessível e qualidade, o MDF (sigla em inglês para placa de fibra de densidade média) é o nome da vez.

Mais barato e fácil de trabalhar, esse material é muito popular por sua praticidade de manutenção e diversidade de padrões lisos e madeirados. Entretanto, é bastante frágil e tem uma vida útil menor se comparado à madeira maciça, por exemplo.

• Escolha peças mais simples

Atualmente, existem várias opções de materiais mais em conta e que não abrem mão da beleza, como os puxadores embutidos ou sobrepostos. Os preços variam conforme o material e a espessura.

Optar por peças mais simples pode ser uma boa ideia para reduzir o custo geral do projeto.

Dicas gerais para comprar móveis planejados

- Faça uma boa pesquisa na internet e nas redes sociais. Além de se informar sobre a idoneidade da empresa, visite os showrooms das marcas que você pré-selecionar;

- Antes de fechar a compra dos móveis, tenha em mãos pelo menos três orçamentos com o mesmo projeto para comparar;

- Cuidado com empresas que oferecem garantias inferiores a cinco anos. Isso pode representar uma queda significativa na qualidade do móvel que você está prestes a comprar;

- Algumas empresas, mesmo sendo de móveis planejados, trabalham com módulos. Isso quer dizer que as estruturas do móvel possuem tamanho padrão e, nesse caso, pode ser que elas não se encaixem perfeitamente no seu ambiente.

Por isso, repare em todas as medidas para saber se o móvel cobre toda a área desejada.

Receba nossas notícias e informações exclusivas diretamente no seu e-mail


Proteção de Dados Pessoais

A Tegra utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência
de acordo com nossa Política de Privacidade . Ao continuar navegando, você aceita estas condições.
Acesse nossa Política de Privacidade e saiba como tratamos dados pessoais.