Não foi possível detectar sua localização. Selecione um estado de seu interesse para ver as melhores ofertas. X

Blog da Tegra

Como misturar estilos de decoração

Equilibrar os gostos dos moradores na decoração do lar pode não ser uma tarefa fácil. Misturar estilos é uma boa saída. Saiba como fazer isso.

29/01/2021 • 17h00min • EM DICAS & DECORAÇÃO

Como misturar estilos de decoração

 Quem nunca passou horas dentro de uma loja de decoração, caminhando entre os diversos corredores e seções, em busca de inspiração? E aí as dúvidas começam a surgir: qual tipo de luminária escolher? E os móveis? Precisa ser tudo do mesmo estilo? Esses questionamentos são muito comuns, ainda mais com tantas opções. 

A dúvida não significa falta de estilo. Pelo contrário, é possível ter interesses em vários campos da arte. Decoração é justamente isso. Nada impede, por exemplo, um amante de Van Gogh gostar também dos traços modernistas de Tarsila do Amaral. 

Do minimalismo aos estilos mais detalhistas, a escolha da decoração para o lar pode não ser uma tarefa fácil, especialmente quando o espaço é o lar de mais de uma pessoa.  Mas será que é possível agradar a todos? A mistura de estilos pode ser a solução para o impasse.  

Busque referências

Para escolher qualquer estilo de decoração, ter referências é o primeiro passo. Hoje, existem plataformas de decoração, como o Pinterest, que são muito úteis para obter ideias criativas, além de livros e revistas que falam sobre o tema. Buscar referências no Instagram, acompanhando designer e arquitetos, também é outra maneira de se manter atualizado. 

Estudar os espaços e planejar são passos importantes para não fazer escolhas precipitadas. O interessante é montar um quadro com as opções que mais chamam a atenção. Desta forma, a mistura de estilos será mais estratégica.

Decorar sem pressa

Decoração é algo muito pessoal e que evolui com o tempo. As tendências vêm e vão toda hora e, a cada ano, algo novo surge. E, claro, é muito comum as pessoas mudarem seus gostos e se interessarem pelas novidades do mundo de design de interiores. Quando isso acontece, a mistura de estilos pode ser uma boa saída para incorporar novidades na decoração sem precisar fazer grandes mudanças.

E quem está começando a decorar o lar, deve lembrar que não é preciso fazer tudo de uma só vez. É possível compor a decoração aos poucos, adicionando peças com um real significado para os moradores da casa. Assim, mesmo que os itens tenham estilos diferentes, a decoração fará sentido. 

Conheça os estilos

Conhecer as características de cada estilo também ajuda a decorar com propósito e deixar os ambientes harmônicos. Aqui destacamos alguns para inspirar:

Minimalista

O racionalismo é uma das principais características desse estilo. A decoração minimalista reflete um estilo de vida de quem busca viver com a premissa “menos é mais”. O conceito traz a simplicidade do mobiliário como foco principal na decoração, o que não significa ser algo desinteressante ou sem vida. Os ambientes podem ser cheios de elegância e personalidade com móveis inteligentes, multifuncionais e com design diferenciado. 

Saiba mais: Decoração minimalista: aprenda tudo sobre esse estilo

escandinavo

É marcado por suas linhas retas que predominam por todo o ambiente, seja nos móveis ou em suas paredes. Uma das principais características do estilo escandinavo é sua grande incidência de iluminação natural. Isso ajuda a criar uma grande fusão de elementos clássicos e modernos entre todos os móveis do ambiente, com tapetes também ajudando a transmitir mais aconchego para cada local. 

Saiba mais: Inspire-se com a decoração no estilo escandinavo

Industrial

O charme está na aparente "falta de acabamento", um estilo visual que valoriza o jeito rústico e antigo do imóvel, com canos aparentes, colunas de concreto bruto, tubulações, parede de tijolo, metais, cores frias, entre outras características.

Saiba mais: Crie uma decoração no estilo industrial com nossas dicas

Vintage/ Retrô

Apesar de vivermos em tempos modernos, o passado ainda tem o seu charme, especialmente na decoração de interiores. Uma das tendências do momento é assumir um ar vintage na ambientação das casas e apartamentos – com móveis, objetos e acessórios que remetam a épocas passadas. 

Saiba mais: Itens essenciais para criar uma decoração vintage


Dicas para misturar estilos

Misturar estilos depende muito mais do senso estético do que de regras. O renomado arquiteto e paisagista Alex Hanazaki, por exemplo, explora o mix de estilos na decoração de sua própria casa. Em entrevista à Casa Vogue, disse: "adquiro as coisas pelo interesse que despertam, sem me importar se são ou não valiosas ou se combinarão com o que já tenho".

Aposte nas cores

O estilo dos moradores pode ser diferente, mas as tonalidades do ambiente precisam conversar entre si. Uma paleta de cores restrita ajuda a unificar e harmonizar a variedade de texturas, estampas e estilos.

Contrastes pontuais

É interessante eleger um estilo predominante para o espaço e apostar em detalhes de outra tendência para complementar a decoração. Um exemplo é usar itens vintage em um ambiente minimalista ou acrescentar ao estilo rústico um toque de aconchego e conforto. 

Veja como trabalhar os contrastes: 

Claro x Escuro;
Formas orgânicas x Linhas retas;
Fosco x Brilhante,
Simples x Elaborado,
Leve x Pesado;
Duro x Macio;
Novo x Antigo.

 

Complementos

Quem não se sente seguro em misturar móveis de diferentes estilos, pode implementar a ideia nos acessórios e complementos - como luminárias, almofadas, tapetes, quadros e demais objetos decorativos.

Mix de texturas

A ideia aqui é seguir o mesmo conceito das cores, mas apostando em elementos que trazem diferentes sensações. As texturas estão presentes nos móveis, objetos, pisos e paredes. A composição pode ser feita com diversos materiais, como madeira, tecido, couro, metalizados, entre outros.

Receba nossas notícias e informações exclusivas diretamente no seu e-mail


Proteção de Dados Pessoais

A Tegra utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência
de acordo com nossa Política de Privacidade . Ao continuar navegando, você aceita estas condições.
Acesse nossa Política de Privacidade e saiba como tratamos dados pessoais.