Não foi possível detectar sua localização. Selecione um estado de seu interesse para ver as melhores ofertas. X

Blog da Tegra

Dicas para transformar a sua sala em um cinema

Veja o que não pode faltar na sua sala de cinema! Confira nossas dicas para criar um espaço aconchegante e funcional.

02/08/2021 • 10h00min • EM DICAS & DECORAÇÃO

Uma fotografia do decorado do Neo Brooklin, um empreendimento Tegra.

Luz, câmera e ação. Basta ouvir essa sequência de palavras para pensar em filmes, não é? Até poucos anos, as salas de cinema eram a principal porta de acesso à sétima arte,depois, vieram as locadoras e, hoje, temos as chamadas plataformas de streaming com diversas películas para curtir de qualquer lugar pelo computador, TV ou celular, por exemplo. 

Entretanto, mesmo com as facilidades que o mundo digital trouxe, não dá para negar que ir ao cinema é tudo de bom. 

Por isso, reunimos algumas dicas para transformar a sala em um espaço multifuncional, com um ótimo sistema de som e a TV certa, ou até mesmo criar uma sala dedicada exclusivamente à transmissão de filmes. Assim, é possível curtir esse momento sem enfrentar grandes filas e sem horário programado.

Dicas para montar uma sala de cinema em casa

Um cinema sem imagem e som de qualidade não é cinema. Além desses itens indispensáveis, o conforto precisa estar presente. 

Fique atento aos pixels do aparelho de TV 

Hoje, a maioria das TVs possuem uma tecnologia definida como Smart TV, as televisões inteligentes com acesso à internet e que podem receber aplicativos, games, sincronizar e compartilhar conteúdos com smartphones, entre outras funções. Na hora de escolher o aparelho para a sala de cinema, é importante avaliar também a resolução.

Em geral, quanto mais pixels, melhor a qualidade da imagem. Como identificar essa informação? Os pixels são representados por números proporcionais à tela, por exemplo: uma tela HD (High Definition) tem 1280x720 pixels na proporção 16:9, enquanto a Full HD tem 1920x1080. Já a 4K, também chamada Ultra HD, tem 3840x2160 pixels, uma imagem com qualidade quatro vezes maior do que a Full HD.

As TVs com resolução 8K, com 7680x4320 pixels, são as mais novas no mercado e, por isso, apresentam um valor mais alto que as TVs 4K, que já contam com mais opções, marcas e valores acessíveis.

Mas, além da parte técnica, é importante que a escolha do tamanho da TV seja feita considerando o ambiente e a distância até os assentos, para que a experiência seja confortável e saudável. Geralmente, a distância de exibição recomendada para assistir uma TV 4k, por exemplo, é de 2,5 metros até o sofá. Já a posição do aparelho na parede deve ser na altura certa para que os olhos alcancem o meio da tela, sem precisar elevar ou abaixar a cabeça para visualizá-la. 

Depois de comprar a TV é recomendável colocá-la em áreas diferentes ou movimentar os móveis para encontrar a posição que fique mais confortável.

Sistema de som faz toda a diferença

Para a experiência de cinema ser completa,  não pode faltar um bom sistema de som. Algumas Smart TVs já possuem um som de excelente qualidade que pode ser melhorado com um soundbar, aparelho que aumenta a capacidade de áudio das TVs de tela plana, sejam elas de LCD, LED ou Plasma. 

Outra opção, mais completa e potente, é o home theater. É muito indicado pela capacidade de distribuir o som uniformemente pelo ambiente, proporcionando boa imersão. 

Assim como na TV, o tamanho do ambiente pode determinar a escolha entre os dois modelos. Para salas menores, por exemplo, um sistema com cinco caixas pode ser suficiente. Já um ambiente dedicado e isolado pode receber mais distribuidores de som e com maior potência. Ambos criam um ambiente de áudio mais realista, o chamado som surround ou holográfico.

Para melhor aproveitamento do som, as caixas devem ser espalhadas pela sala, até mesmo fixadas no teto, em especial para o som traseiro, para um efeito surround mais eficaz.

Como deixar a sala de cinema confortável

As poltronas reclináveis se aproximam muito da ideia de cinema, ainda mais se for em uma sala exclusiva para isso. Já os pufes e sofás de pallets dão um toque descontraído e permitem maior mobilidade. 

Agora, para um espaço que também funciona como sala de estar, um sofá confortável, retrátil e inclinável é uma boa opção, além de ser versátil para o dia a dia da casa. Vale apostar em materiais confortáveis ao toque, como tecido e veludo. 

Em relação à acústica, a madeira, os tapetes e os estofados funcionam bem como isoladores. Por outro lado, espelhos, vidros e pisos frios podem prejudicar a experiência na qualidade do som.

Não esqueça da iluminação 

“No escurinho do cinema, chupando drops de anis, longe de qualquer problema, perto de um final feliz” como canta a Rita Lee em sua famosa música Flagra, o escurinho é essencial para o clima de cinema. 

Durante a noite, a iluminação não é um problema, mas, durante o dia, a claridade pode interferir muito na experiência. Para resolver isso, as cortinas blecaute ajudam a controlar a luminosidade. No quesito decoração, pintar as paredes com cores escuras ou papel de parede – pelo menos atrás da tela - também ajuda na imersão.

Por outro lado, se a sala também for usada para outras finalidades, como jogar videogame, é importante instalar iluminação indireta. As luminárias instaladas no teto ou as que produzem pequenos focos de luz podem ser uma boa saída.

Receba nossas notícias e informações exclusivas diretamente no seu e-mail




Proteção de Dados Pessoais

A Tegra utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência
de acordo com nossa Política de Privacidade . Ao continuar navegando, você aceita estas condições.
Acesse nossa Política de Privacidade e saiba como tratamos dados pessoais.