Não foi possível detectar sua localização. Selecione um estado de seu interesse para ver as melhores ofertas. X

Blog da Tegra

Como fazer sobreposição de tapetes sem erro

O conceito é muito simples, mas, para colocá-lo em prática, é preciso tomar alguns cuidados com as combinações. Entenda como fazer do jeito certo. Confira!

18/11/2020 • 11h07min • EM DICAS & DECORAÇÃO

 Uma fotografia de uma sala com uma sobreposição de tapetes.

Os tapetes são itens versáteis capazes de transformar a decoração de um lar num piscar de olhos. Com eles, é possível criar composições únicas que ajudam a imprimir a personalidade dos moradores da casa.

E se um já causa bastante impacto no visual de um ambiente, imagine sobrepor um tapete sobre o outro? É um jeito criativo de aproveitar modelos de diferentes tamanhos, misturar estilos e criar algo autêntico.

A sobreposição de tapetes pode deixar a decoração mais interessante, moderna e despojada. O conceito é muito simples, mas, para colocá-lo em prática, é preciso tomar alguns cuidados com as combinações.

Como fazer sobreposição de tapetes

Além de deixar o ambiente mais charmoso, a sobreposição é uma ótima opção para mudar rapidamente a decoração e um bom truque para cobrir pisos com imperfeições.

Diferentes tons

Adicionar tapetes com cores mais vivas na decoração pode gerar certo receio, mas existem maneiras de fazer isso sem causar poluição visual.

Uma delas é usar tons monocromáticos, harmonizando nuances da mesma tonalidades (mais claras ou mais escuras), para causar um efeito colorido.

Cores complementares

O círculo cromático (também conhecido como roda de cores ou círculo de cores) é um ótimo guia para fazer combinações diferentes sem exagerar.

As cores complementares, por exemplo, são as que possuem mais contraste entre si e estão em posições opostas no círculo.

Exemplos: verde com rosa, amarelo com roxo e azul com laranja. Uma das formas de aplicar em tapetes é ter uma cor dominante em uma peça e detalhes na cor oposta na outra.

Definir ambientes

Nos últimos anos, uma tendência arquitetônica que vem ganhando muita força no mercado imobiliário é a do Conceito Aberto. Com ambientes unificados, sem tantas paredes e divisórias, os tapetes podem fazer o papel de delimitar os espaços.

Dar destaque 

Um móvel mais discreto, por exemplo, pode ganhar destaque com uma sobreposição de tapetes e se tornar o protagonista na decoração. 

Perfeitamente alinhados

Um jeito mais simples de começar a fazer composições de tapetes é usar dois modelos do mesmo formato e material, mas de tamanhos diferentes. Depois, é só posicionar o menor sobre o maior de maneira centralizada. 

Pequena conexão

Não é necessário sobrepor totalmente um tapete sobre o outro. Causar uma conexão entre eles, pelos cantos, por exemplo, já confere um charme a mais ao décor.

Efeito moldura

Para obter o efeito moldura, basta usar um tapete maior e neutro como fundo e outra peça menor para ser protagonista. Assim como nos quadros, uma bela moldura pode realçar os desenhos. 

Efeito patchwork 

Aqui a criatividade está na forma como as peças ficam dispostas. A ideia é formar uma espécie de patchwork (técnica que une tecidos com uma variedade de formatos), com três ou mais tapetes, sem muita simetria.

Para não exagerar na composição, vale seguir as dicas das cores complementares ou monocromáticas.

Texturas diferentes

Uma forma de deixar o ambiente mais sofisticado e elegante é investir na mistura de texturas. Exemplo: usar um tapete natural mais áspero, como a juta, para compor o fundo e sobrepor com peças felpudas. 

Saiba mais:

Como misturar texturas na decoração de ambientes

Brincar com as estampas geométricas

Presente nas capas de almofadas, tapetes e cortinas, o grafismo se tornou uma febre na decoração de interiores e deve continuar como tendência por um bom tempo.

A padronagem repetitiva de quadrados, losangos, listras e triângulos deixa o visual urbano e moderno e pode ficar ainda mais interessante ao mesclar as formas geométricas.

Preencher espaços grandes 

Se o ambiente for amplo demais e uma peça fica desproporcional, é só fazer uma sobreposição. 

Brincar com as formas

Uma estratégia para fugir do convencional e agregar ainda mais estilo é apostar em formatos distintos, como os tapetes redondos.

Tipos de tapetes 

Na hora de decorar a casa, muitas dúvidas podem surgir no momento de escolher os tapetes. Além da infinidade de cores e estampas disponíveis, é preciso pensar na escolha do material, pois existem características que determinam suas melhores aplicações, seja para o quarto, a sala ou a área de lazer.

Polipropileno

Polipropileno é uma fibra sintética resistente, fácil de manter e boa para áreas de tráfego intenso. Pode ser fabricado em tecidos planos ou com textura.

Acrílico

Acrílico é resistente ao desgaste e, geralmente, uma alternativa mais barata do que a lã.

Algodão

Tapetes desse tipo é menos durável em comparação a outras fibras de tecido plano, como sisal, juta ou polipropileno, mas compensa na suavidade.

Lã é uma fibra natural muito durável, fácil de limpar e resistente ao calor. 

Viscose

Os tapetes de viscose geralmente, é misturado com lã para obter um resultado de alta qualidade. Por ser mais delicado, não é recomendado para áreas de tráfego intenso.

Juta

A juta é natural e extremamente durável, possui uma variedade de padrões de trama e tem características semelhantes ao sisal.

Sisal

O sisal é outro material muito resistente. O tapete de sisal pode ser mais grosso do que a juta, o polipropileno e o algodão. Esse tipo de fibra não se dá bem com água, por isso, a limpeza deve ser a seco.

Chenille

Chenille é um tapete com características nobres, fabricado a partir do algodão ou mescla do algodão com fibras sintéticas. Confortável e bastante macio ao toque, é mais apropriado para áreas de circulação baixa e moderada.


Gostou dessas dicas? Não deixe de ler também aqui no Blog da Tegra:

Conheça as tendências de decoração que estão em alta no momento

Decoração de inverno: deixe sua casa quentinha e aconchegante

Receba nossas notícias e informações exclusivas diretamente no seu e-mail


;

Proteção de Dados Pessoais

A Tegra utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência
de acordo com nossa Política de Privacidade . Ao continuar navegando, você aceita estas condições.
Acesse nossa Política de Privacidade e saiba como tratamos dados pessoais.

;