Não foi possível detectar sua localização. Selecione um estado de seu interesse para ver as melhores ofertas. X

Blog da Tegra

10 Dicas para decorar a cozinha com estilo industrial

Tendência nos últimos anos, o estilo industrial é uma ótima opção para renovar ou dar um toque arrojado na decoração da cozinha. Saiba mais!

27/01/2021 • 17h22min • EM DICAS & DECORAÇÃO

Luminária pendente com estilo industrial

A aparente "falta de acabamento", as instalações elétricas, as tubulações e os equipamentos pesados são marcas do estilo industrial de decoração, que começou a ganhar muita força nos últimos anos e virou sinônimo de elegância, com toque despojado. Essa tendência, prática e contemporânea, agrada pessoas mais arrojadas e que não se importam  em deixar muitos elementos à mostra. 

Como surgiu o estilo industrial

Nada melhor do que conhecer as raízes desse conceito para aprender a usá-lo. Apesar de remeter à ideia de modernidade, o design industrial é mais antigo do que se imagina. 

Criado e desenvolvido entre as décadas de 1950 e 1970 nos Estados Unidos, o estilo industrial teve início como uma maneira de reaproveitar espaços utilizados por antigas fábricas que haviam sido abandonadas após anos de utilização.

Os traços rústicos e outros elementos característicos desses espaços inspiraram projetos arquitetônicos contemporâneos e, gradativamente, foram se disseminando pelos lares.

Principais características do estilo industrial

Quem diria que a aparente "falta de acabamento" poderia ser uma característica de decoração? A inspiração no design industrial tem muito a ver com os aspectos primários das construções, que ficam expostas sem acabamento em paredes e pisos de tijolo ou cimento. Mas, não se engane: mesmo associado à simplicidade de execução, esse estilo não pode ser aplicado de qualquer maneira em um ambiente, como na cozinha. Não basta quebrar o revestimento das paredes ou deixar as vigas à mostra, é preciso saber  implementar os atributos decorativos do design industrial. 

Iluminação estilo industrial na cozinha

1. Transforme as paredes da cozinha 

Um traço clássico do design industrial são as paredes de tijolinhos. Muitas pessoas gostam do jeito rústico, mas também é possível deixá-los com aparência mais suave aplicando tinta branca ou, ainda, dando um toque especial com verniz. Ah, e não precisa ter tijolinhos na parede inteira, uma parte já causa um efeito muito bonito.

Outra ideia é investir nas paredes de cimento batido, papel de parede ou pintura para criar um efeito de tijolos ou concreto exposto.

Para mudanças mais simples, vale apostar na pintura das paredes em tons de cinza - cor protagonista neste estilo de decoração, combinando com o branco, o preto e outras cores frias. 

2. Acessórios bem pensados

Para criar um bom equilíbrio entre o frio do cinza ou o rústico dos tijolos, é essencial investir em elementos decorativos que dão vida. A escolha deve se pautar nas linhas modernas, contemporâneas e/ou vintage. 

Neste contexto, uma maneira de incorporar o estilo industrial na decoração, sem alterar a estrutura da casa, é fazer uma rápida mudança nos acessórios. Mas, atenção para não exagerar nos adereços. 

3. Abrace os metais

Quem não quer mudar muito a estrutura da cozinha, pode começar a investir em acessórios decorativos como bancos ou cadeiras em tons metálicos. 

4. Ferro oxidado ou escovado

O ferro oxidado ou escovado também ajuda a criar um ambiente com o conceito de fábrica abandonada. Dessa maneira, é possível usar esse material em móveis, como cadeiras, e em itens decorativos. Além disso, existem muitos objetos antigos que podem ser verdadeiros achados para a decoração industrial, como baús e armários do tipo escolar, por exemplo. 

5. Canos e tubulações

Os canos e as tubulações à mostra são uma parte essencial para dar o charme do estilo industrial na sua cozinha. Eles podem estar presentes na luminária e no suporte de prateleiras, por exemplo.  

6. Prateleiras e estantes

A principal característica das prateleiras e estantes estilo industrial está em suas estruturas de aparência pesada, geralmente feitas de ferro.
Estantes e bancadas com estilo industrial na cozinha

7. Móveis e eletrodomésticos

Além disso, você também pode (e deve) reciclar e reutilizar móveis e eletrodomésticos, como geladeiras, armários e mesas. Ao fazer isso, você prolonga a vida útil destes itens e consegue conciliar essa proposta ecológica com o novo estilo do seu lar, já que reciclar está na base da fundação do design industrial. Abuse de móveis antigos, faça bancadas de blocos de concreto e use portas como tampo de mesas, por exemplo.

8. Iluminação é importante 

Um dos alicerces estéticos e funcionais do design industrial é a iluminação. Ela pode alterar a nossa percepção do espaço, revelar contornos, alterar limites, cores e texturas das superfícies. Com ela, conseguimos perceber melhor tudo ao nosso redor e o que sentimos em relação ao que vemos. Por isso, é importante dar atenção não só pelo fator decorativo, mas funcional. 

 

Leia também:
Como aproveitar melhor a iluminação natural dentro de casa

 

O estilo que estamos tratando aqui não demanda loucuras e apetrechos - como lustres, candelabros, entre outros. A ideia é que as lâmpadas fiquem expostas, como as já tradicionais lâmpadas de filamento de cobre ou luminárias pendentes.

9. Madeira rústica ou natural

Para quebrar a sisudez do aço inox ou o peso do ferro, os móveis rústicos de madeira podem imprimir charme e trazer  a sensação de aconchego para a cozinha. 

10. Plantas dão cor e vida ao cinza do estilo industrial

As plantas são elementos muito bem-vindos para contrastar com a frieza das superfícies metálicas. 

Receba nossas notícias e informações exclusivas diretamente no seu e-mail


Proteção de Dados Pessoais

A Tegra utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência
de acordo com nossa Política de Privacidade . Ao continuar navegando, você aceita estas condições.
Acesse nossa Política de Privacidade e saiba como tratamos dados pessoais.