Não foi possível detectar sua localização. Selecione um estado de seu interesse para ver as melhores ofertas. X

Blog da Tegra

Apartamento do futuro: veja as tendências e o que esperar!

Além de oferecer praticidade, segurança e conforto aos moradores de apartamentos, a inovação está aliada à sustentabilidade e ao novo jeito de viver.

26/07/2021 • 10h00min • EM MERCADO

Uma fotografia do decorado do Volp 40, um empreendimento Tegra no Rio de Janeiro.

 Quando se fala em “apartamento do futuro”, o que vem à sua mente? Na casa dos Jetsons, no ano 2062, o futuro era representado com muita tecnologia na rotina da família. Tinha um robô – a Rosie – que fazia as tarefas diárias, como cozinhar e limpar, além de uma máquina de comida instantânea. 

Criada nos anos 60, a série era tão futurista – e visionária – que previu até a função de assistente pessoal. Já imaginou ter um computador para ajudar a tirar todas as suas dúvidas e resolver problemas de matemática, como o pequeno Elroy tinha no desenho? E as chamadas de vídeo que podiam ser feitas por grandes telas interativas e até mesmo pelo relógio? 

Muitas dessas “previsões” já fazem parte do dia a dia no nosso lar, outras ainda não – pelo menos por enquanto não temos casas flutuando no ar. Mas estamos presenciando uma nova era de tecnologia aplicada no jeito de morar, mais sustentável, durável e inteligente.

As tendências

Há alguns anos, os elevadores eram novidades, assim como o rádio, a TV, as lâmpadas e as tomadas, entre tantas outras tecnologias que, atualmente, fazem parte do nosso cotidiano. Um dia, elas já foram tendências, agora estão em todos os lugares. 

A tecnologia pode ser um fio condutor que alinha às tendências, mas, quando falamos em “apartamento do futuro”, vai além disso. 

O que é considerado um apartamento do futuro?

Seria ter um sistema de iluminação controlado por voz e/ou por aplicativo de celular? Ou biometria no lugar das chaves? O apartamento do futuro pode ter tudo isso e muito mais. 

Hoje, além de oferecer praticidade, segurança e conforto aos moradores de apartamentos, a inovação está aliada à sustentabilidade e às necessidades do novo jeito de viver. 

Podemos dizer que um apartamento do futuro engloba projetos inteligentes, condomínios modernos e automação residencial.

Sustentabilidade: uso inteligente dos recursos 

Os empreendimentos realmente alinhados com as novas tendências oferecem meios de colaborar com a sustentabilidade e com o uso mais consciente dos recursos, como os projetos desenvolvidos pela Tegra incorporadora.

O Stories Residence, empreendimento localizado em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, é um exemplo de como essas práticas estão sendo aplicadas. Os halls foram projetados para valorizar a iluminação e ventilação natural, já as áreas comuns com iluminação led e circulações com sensor de presença permitem maior economia. Além disso, o condomínio irá gerar parte da própria energia, de forma limpa, por meio de painéis solares.

Uma fotografia que ilustra a área comum do Stories Residence da Tegra.Outra tendência sustentável é o reaproveitamento das águas cinzas, em que parte das águas dos lavatórios dos banheiros, áreas de serviço e drenos de ar-condicionado é tratada e reaproveitada nas bacias sanitárias. Há também o reaproveitamento das águas da chuva para a lavagem das áreas comuns e irrigação do paisagismo. 

Para incentivar o consumo consciente dentro do lar, os apartamentos contam com válvula de duplo acionamento nas bacias sanitárias, medidores individuais de água e arejadores nas torneiras.

Infraestrutura para carros elétricos

No futuro dos Jetsons, em 2062, os carros voavam. Até lá, muita coisa pode acontecer, não é verdade? Por enquanto, estamos vivendo uma inovação e evolução com os carros elétricos. Aos poucos, esse modelo sustentável está ganhando as ruas no mundo todo.   

Os carros elétricos não emitem poluentes, possuem baixo custo de rodagem e de manutenção, pois utilizam muito menos componentes que um carro a combustão. Esses veículos podem ser recarregados em casa, enquanto o dono dorme. Pelo menos no East Side Méier, um empreendimento Tegra no Rio de Janeiro, que conta com tomadas para bicicletas e carros elétricos.

Novo jeito de viver: espaços compartilhados 

Para facilitar e proporcionar mais comodidade aos moradores, os empreendimentos estão oferecendo infraestruturas cada vez mais robustas. Hoje, uma das tendências é ampliar as áreas comuns. 

O apartamento do futuro acompanha a inovação de ambientes de alta qualidade, com espaços integrados multiuso, nos quais é possível trabalhar e usufruir do lazer apenas pegando o elevador. Isso acontece, por exemplo, no Skylux by Tegra, um residencial repleto de facilidades, com coworking, coliving e muitos outros benefícios.

Uma fotografia que ilustra o Skylux by Tegra.

Sistema pay per use nos condomínios

O conceito de pay per use - que significa "pague pelo uso" - é ter a vida toda resolvida na área comum. Os condomínios têm oferecido esse sistema para facilitar o dia a dia das pessoas com serviços essenciais, como limpeza, arrumação, lavagem de carro, recreação e cuidados infantis, pet care, personal trainer, manutenção e reparos, serviços de beleza, entre outros.

Com o aumento dos espaços compartilhados, as pessoas estão usufruindo e permanecendo cada vez mais tempo no condomínio. Isso tem ajudado a popularizar o pay per use. 

Saiba mais:
Conheça as últimas tendências para tecnologia em condomínios

Tecnologia dentro de casa

A automação residencial é uma das facilidades que a tecnologia trouxe para a vida moderna. Com o mundo cada vez mais interconectado, era só uma questão de tempo para que os aparelhos e sistemas inteligentes fossem incorporados na rotina de um lar. 

Imagine chegar a casa e acionar a cafeteira apenas usando a voz? A Google Assistente é um exemplo de ferramenta capaz de entender e responder comandos em dispositivos de áudio e vídeo. O programa permite controlar diversos aparelhos e acessórios dentro de casa por meio da voz - como lâmpadas, cortinas e robô aspirador. 

Outra solução que está se popularizando é a fechadura inteligente. Os modelos podem operar a partir de sensores de presença, biometria e até aplicativos. Com esse tipo de equipamento, é possível usar um smartphone para abrir a porta.

Receba nossas notícias e informações exclusivas diretamente no seu e-mail




Proteção de Dados Pessoais

A Tegra utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência
de acordo com nossa Política de Privacidade . Ao continuar navegando, você aceita estas condições.
Acesse nossa Política de Privacidade e saiba como tratamos dados pessoais.