Não foi possível detectar sua localização. Selecione um estado de seu interesse para ver as melhores ofertas. X

Blog da Tegra

Veja algumas ideias para ser mais sustentável em sua decoração

Saiba o que você deve prestar atenção para trazer mais sustentabilidade para sua casa. Acesse e confira!

08/05/2020 • 10h00min • EM DICAS & DECORAÇÃO

Sofá feito com madeira pallet

Sustentabilidade é um tema que te move? Então, imagine que isso esteja imerso em toda a sua vida, desde a alimentação, moda e até na sua casa. Será que sua decoração pode ser mais sustentável? Sim, e de vários jeitos! O post de hoje é para mostrar algumas ideias interessantes de como tornar sua decoração mais sustentável - com muita beleza, charme e preservando a natureza. Vamos lá!


COMO PENSAR EM UMA DECORAÇÃO MAIS SUSTENTÁVEL

Primeiramente, será preciso pensar de maneira sustentável na escolha dos itens. Se você já tem intimidade com o tema, sabe que sustentabilidade segue o tripé da preocupação social, ambiental e econômica. É preciso levar em conta impactos para as pessoas, para o ambiente e especialmente a redução de recursos. É como pensamos nossa decoração na Casa Tegra, que é repleta de plantas naturais, por exemplo.

Por isso mesmo, boa parte das ideias tem esse conceito como base. Claro, sem deixar o charme e beleza de uma bela decoração de lado. E possível deixar o ambiente mais leve, agradável e relaxante, com todo o estilo que você gosta.  Não é porque é sustentável que não pode ser sofisticado.

Vamos às dicas?


PLANTAS

Espalhar plantas pela casa é um dos primeiros caminhos para uma decoração sustentável. Além de trazer o verde para o ambiente, elas podem contribuir para um ar mais fresco e puro dentro de casa. Prefira plantas que se desenvolvam bem em ambientes internos e que possam ser compostas de várias maneiras: vasos, jardins verticais e prateleiras.

Uma horta pessoal também é uma forma sustentável de pensar na decoração. Ela deixa o ambiente elegante e contribui para uma alimentação balanceada, pois você pode plantar temperos e pequenas verduras.


Veja também no nosso blog:

• Aprenda a criar um jardim vertical no seu apartamento

• 10 plantas que purificam o ar de ambientes internos


E sobre os vasos das plantas a serem escolhidos? Opte por vasos de barro, cerâmica ou madeira. Esses materiais, além de terem boa durabilidade, agridem menos o meio ambiente.


ILUMINAÇÃO NATURAL

Um dos recursos mais baratos em uma decoração sustentável é deixar a luz entrar mais na sua casa. Maximize o uso da luz do dia para que não seja necessária tanta iluminação artificial. E no caso de muita luz externa, controle o excesso com cortinas e persianas translúcidas. Vale também o uso de películas SUV nos vidros de janelas e varandas para esse controle.

Se você quiser se empenhar ainda mais, a iluminação natural pode ajudar a dar efeitos bem mais cênicos na casa, aumentando a beleza da decoração.

Se a iluminação natural não é uma opção viável, a artificial também pode ser melhorada. Escolha produtos e aparelhos que consomem menos energia, como lâmpadas de LED. Elas ajudam a economizar na conta de luz e colaboram com o meio ambiente.


REUTILIZE E REAPROVEITE MÓVEIS ANTIGOS E MADEIRAS

A compra de móveis novos que com elementos sustentáveis será muito bem-vinda para sua decoração, mas não é nada obrigatório. Especialmente pensando naqueles impactos econômicos que falamos no começo do post.

Agora pode ser a hora de resgatar um móvel usado ou antigo. Vale reparar o que você já tem em casa ou mesmo herdou de alguém, e garimpar em antiquários. Vasculhe a casa dos amigos e familiares ou mesmo bazares de entidades. Móveis antigos podem dar  um ar vintage e sustentável aos cômodos.

Reutilizar madeiras de demolição, pallets, caixas de feira e outros tipos de madeira também pode funcionar. Caixas podem ser organizadas como uma estante, como nichos, móveis de cabeceira, mesinhas... Pallets podem ajudar na criação de jardins verticais ou como sustentação para móveis mais baixos.

E suas ideias podem ir além, criando versões de móveis com dupla função: um sofá que vira cama, mesinha que vira banco, mesa de trabalho que vira penteadeira etc. Essa é a parte legal da customização: o uso da criatividade.

Importante: limpe e trate bem esses itens, pois podem estar infestados de brocas e cupins.


MATERIAIS ECOLÓGICOS

Os materiais que você usará nesta reforma também podem ser escolhidos com o objetivo de agredir menos o meio ambiente. Use tintas e vernizes a base de água e com baixa emissão de COV, ou versões ecológicas à base de terra. COV são compostos orgânicos voláteis, ou substâncias químicas que contêm carbono e que se convertem facilmente em vapores ou gases – emitidos em queima de gasolina, aplicação de tintas, uso de solventes etc.

Outra forma de pensar de maneira mais sustentável é investigar a origem dos materiais comprados, desde a preocupação socioambiental do fornecedor, até as embalagens. Ao escolher um produto de madeira, por exemplo, prefira as certificadas, de demolição ou de reflorestamento.

E os revestimentos também podem ser escolhidos dessa forma. Piso de cimento, ladrilhos hidráulicos, de bambu ou de madeira de origem certificada têm baixo impacto ambiental.

Esperamos que você consiga criar uma decoração mais sustentável em casa! Conte com os novos posts do Blog da Tegra para dicas muito inspiradoras!

Receba nossas notícias e informações exclusivas diretamente no seu e-mail


;